EM DESTAQUE

Angola e Japão assinam vários acordos de cooperação

Angola e Japão assinam vários acordos de cooperação

2010-08-30 in Jornal de Angola

O Executivo angolano e do Japão assinam, hoje, em Luanda, vários acordos de cooperação no domínio da promoção do comércio e do investimento público privado. 
Uma delegação japonesa chefiada pelo secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Osamu Fujimura, está desde ontem em Luanda para assinar entre outros, o acordo de troca de notas referente ao projecto de modernização do centro de formação profissional de construção civil de Viana.
Os dois países assinam ainda o acordo do contrato de aplicação do projecto de modernização do Centro de Formação Profissional de Construção Civil de Viana, entre o INFOP e a empresa japonesa JICA.
A delegação, também composta pelo vice-ministro japonês da Economia, Comércio e Indústria, e mais 50 empresários, tem um encontro ainda hoje com o ministro da Geologia e Minas e Indústria, Joaquim David, e o coordenador da ANIP, Aguinaldo Jaime. Neste âmbito, é assinado um contrato referente ao projecto para a reabilitação da fábrica de têxteis com uma empresa japonesa.
Na agenda está igualmente uma reunião com o ministro de Estado da Coordenação Económica, Manuel Júnior, e o ministro dos Petróleos, Botelho de Vasconcelos. Empresários japoneses e angolanos participam também num fórum sobre oportunidades de negócios e investimento em Angola.
O Japão tem três instrumentos de assistência oficial para o desenvolvimento: a doação (não reembolsável), a cooperação técnica e o empréstimo concessional em ienes (moeda japonesa).
Uma nota da Embaixada japonesa indica que o primeiro projecto integrado no empréstimo concessional em ienes está avaliado em 50 milhões de dólares. No segundo ou terceiro empréstimos o custo do projecto pode ser aproximado aos 100 milhões de dólares.
Em conferência de imprensa, o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros, Osamu Fujimura, disse que o seu país pretende diversificar o investimento em Angola, esperando que depois da visita a presença do Japão em Angola seja maior, sobretudo no estreitamento das parcerias público-privadas.
Acrescentou que Japão tem colaborado com Angola nos aspectos que têm a ver com a manutenção da paz, para atingir objectivos traçados para o desenvolvimento do Milénio, segurança humana e desenvolvimento económico, saúde e educação, desminagem e reabilitação das pontes.
Osamu Fujimura afirmou que o Japão tem interesse em cooperar nas áreas de transferência de tecnologias, criação de empregos e assistência às actividades das suas empresas que operam em Angola.
Ao salientar que o Japão tenciona produzir fertilizantes em Angola, disse que muitas áreas de cooperação vão ser discutidas durante os três dias que a delegação estiver no país. "Angola tem oportunidades de negócios devido à sua taxa de crescimento muito alta e os nossos empresários estão interessados nas áreas da energia, infra-estruturas, agricultura e indústria minerais", disse Osamu Fujimura.

Fonte:Jornal de Angola